quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Blues até na Praia, essa semana...



 Neste final de semana, quem estiver de férias, pegando aquela praia, na Sexta-Feira, pode dar uma chegada ali na frente do Hotel Jangadeiro, em Boa Viagem, e curtir o Blues Acústico da Black Cat Bone, às 10 da manhã (isso mesmo), numa daquelas cadeirinhas de praia. É só chegar junto com sua, e tomar umas geladas lá com a moçada - coisa informal mesmo.

Na Sexta de noite, como de costume, temos Rodrigo Morcego e Os Irmãos Brothers no Bar Burburinho, e (a confirmar) Uptown Band e Slide Blues Band no Domingo à tarde, lá na Livraria Cultura.

Black Cat Bone

Local: Praia de Boa Viagem (em frente ao Hotel Jangadeiro)
Dia/Hora: 29 de Janeiro/10:00hs
Endereço: Av Boa Viagem, Praia
Entrada: Pega a cadeirinha e senta.

Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers

Local: Bar Burburinho
Dia/Hora: 29 de Janeiro/22:00hs
Endereço: Rua Tomazina 106, Recife Antigo
Entrada: R$7,00

Uptown Band e Slide Blues Band (a confirmar)

Local: Livraria Cultura
Dia/Hora: 31 de Janeiro/16:00hs
Endereço: Shopping Alfândega, Recife Antigo
Entrada: 1kg de Alimento não Perecível

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Discoteca do Blues por Rico Bluestamontes



 Na seção Discoteca do Blues, o Recife Blues anda perguntando aos músicos de Blues de Recife "Que álbum de Blues você indica pra a gente dar uma ouvida?"

Desta vez quem vai responder é Rico Bluestamontes, vocalista da Bluestamontes Blues Band, se preparando para lançar seu novo projeto na música, e também editor dos blogs Bacurau e Recife Blues (Isso mesmo! Desta vez, eu mesmo tomo a palavra!).

Recife Blues: E aí, Bluestamontes, o que você indica pra a gente ouvir, cara?
Rico Bluestamontes: Indico na verdade uma coleção que foi lançada lá pelo início dos anos 90, chamada Atlantic Blues, do selo Atlantic. A série lançou álbuns duplos (vinil) com coletâneas de artistas de blues da gravadora, divididos em categorias como Vocalists, Piano, Guitar, Chicago, e é sem dúvidas um ponto de partida promissor pra quem quiser conhecer as várias facetas do Blues. Se tiver de escolher um, aponto logo o Guitar, que traz coisas de John Lee Hooker, T-Bone Walker, entre outros. Vale a pena buscar e baixar pelos canais da net, ou tentar comprar até mesmo os vinis, que tinham uma capa bem legalzinha.

Infos:

Atlantic Blues: Guitar, 1990, Neste álbum, a Atlantic apresenta uma coletânea precisa de artistas de Blues que passaram por sua gravadora, que inclui peças de Cornell Dupree, T-Bone Walker, John Lee Hooker, Stevie Ray Vaughan, e dá um panorama do Blues começando com gravações raras e toscas de country blues chegando até a modernidade de SRV. Link na CD Universe.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Rodrigo Morcego no Caravelas


Mais uma data fixa para o Blues na cidade. Às Quartas-Feiras, Rodrigo Morcego e Os Irmãos Brothers estão tocando no Bar Caravelas, na Rua do Bom Jesus, a partir das 20:30hs.

Também às Quartas-Feiras, Marcelo Demo e sua Black Cat Bone estão no Happy Hour do Bar Banquete, na Rua Capitão Lima, em frente à TV Jornal, fazendo seu Blues Acústico.

Dá até tempo de fazer a via sacra de um pro outro.

Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers

Local: Bar Caravelas
Dia/Hora: 27 de Janeiro/20:30hs
Endereço: Rua do Bom Jesus, Recife Antigo
Entrada: R$5,00

Black Cat Bone

Local: Bar Banquete
Dia/Hora: 27 de Janeiro/19:30hs
Endereço: Rua Capitão Lima, En frente à TV Jornal
Entrada: R$2,00

Magic Slim na Programação do Rec -Beat 2010



Novidade boa no Blues em Recife é que Magic Slim está confirmado dentro da programação do Rec-Beat 2010, no Domingo, 14 de Fevereiro, às 22:00hs.

O Rec-Beat rola num palco massa, no Cais da Alfândega, logo em frente ao Shopping Alfândega.

Na mesma noite, antes de Magic Slim, se apresentam as bandas Volver e Joseph Tourton, que não são Blues, mas também são bem legais.

Bora curtir!

Programação completa do Rec-Beat e mais informações neste link.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Série - Observatório do Blues - Capítulo 5


Nesta série Observatório do Blues, vamos expor alguns dos maiores nomes do Blues e algumas curiosidades e expressões da cultura que envolve este estilo musical, em pinceladas rápidas e não necessariamente cronológicas.

Para ver os outros da série e ir acompanhando, basta clicar na tag (marcador) Observatório do Blues, ao final deste post.

George Thorogood and The Destroyers


Pouco conhecido dos blueseiros brasileiros, apesar de não estar inserido exatamente no contexto de Blues tradicional, George Thorogood merece estar nos anais de qualquer história do Blues que venha a ser contada, pelo simples fato de que gravou a música de Blues mais conhecida e vendida na história da música em todo o mundo, o hit "Bad To The Bone".


"Bad To The Bone" é claramente baseada no clássico "I'm A Man" de Bo Diddley, mas sua pegada fortemente influenciada pela cena de Punk Rock que dava o tom do rock underground da época (1982) e a simplicidade exata da forma como George a interpretou na guitarra e na voz, criou um hino para fãs da adrenalina.

Por isso, a canção é recorrente em trilhas sonoras de grandes filmes americanos e video-games (O Extreminador do Futuro, O Pestinha, Christine o Carro Assassino, Game Rock'nRoll Race, etc).

George Thorogood conseguiu seu primeiro contrato de gravação quando um produtor, por acaso, assistiu a um de seus shows em um bar quase vazio, no qual ele se estregava como se estivesse tocando para uma multidão.

Gravou dois álbuns antes de assinar com a EMI, quando lançou o álbum Bad To The Bone, e excursionou pelos Estados Unidos como banda de abertura dos Rolling Stones.

George Thorogood and The Destroyers é algo que se pode chamar de Blues de Arena. O cara interpreta clássicos de Bo Diddley (Who Do You Love) e John Lee Hooker (One Bourbon, One Scoth, One Beer) de uma forma que só  pode ser ouvida alta e quase batendo cabeça.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Discoteca do Blues por Giovanni Papaleo


Na seção Discoteca do Blues, o Recife Blues anda perguntando aos músicos de Blues de Recife "Que álbum de Blues você indica pra a gente dar uma ouvida?"

O primeiro a responder é Giovanni Papaleo, fundador e baterista da Uptown Band, a mais antiga banda de Blues em atividade em Recife. Giovanni também é organizador do Oi Blues By Night, e curador dos eventos Porto Jazz e Garanhuns Jazz Festival.

Recife Blues: E aí, Giovanni, o que você indica pra a gente ouvir, cara?
Giovanni Papaleo: O álbum que eu vou citar é o "I´m Ready" de Lucky Peterson. Na minha opinião, Mr Peterson é a síntese do bluesman moderno: canta demais , toca hammond como poucos e ainda arrasa na guitarra. Quer mais? Se você não aprender a tocar o Shuffle escutando esse disco,então pode desistir.

Infos:
Lucky Peterson - I'm Ready, 1992, foi lançado sob o selo Gitanes. Neste álbum, Lucky Peterson é comparado ao lado mais sutil de Santana e Roy Buchanan, quando pega na guitarra, e ao detonar nos teclados, as comparações inevitáveis são a Billy Preston, principalmente nos solos da música Junk Yard. Você pode encontrar este ábum e baixar os mp3 de forma oficial pelo ITunes (link)

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Meninas do Blues - Apresentando Camila Vieira



Nem só de whisky, cerveja e música boa vive o universo do Blues. Também existem as gatas, que na cena Blues de Recife deixam a platéia mais alegre e interessante, sempre seguindo as melhores vibes do estilo pela cidade.

As meninas que gostam do Blues são bem mais interessantes que a média, e têm muito mais assunto pra bater aquele papo massa - pode-se falar de BB King, Steve Ray Vaughan, e por que não, Barry White.

A série Meninas do Blues vai trazer um pouco deste colorido para nosso blog, chegando junto das gatas mais responsa que encontramos pelos shows de Blues por aí.

E pra estreiar, batemos um papo estreito com a gatíssima Camila Vieira (Mila para os amigos), uma legítima Menina do Blues que não larga do pé do palco de onde estiver um cabra fazendo munganga na guitarra entoando os hinos clássicos dessa musiqueinha safada.

Para ver os outros da série e ir acompanhando, basta clicar na tag (marcador) Meninas do Blues, ao final deste post.

Camila Vieira nasceu em Recife, tem 23 anos, signo de Touro, estuda gastronomia, e tem por hobbies ouvir Blues e publicar fotos muito legais em sites de relacionamento. Ao final da entrevista, dá uma sacada na galeria que postamos.

Recife Blues: Camila, o que mais te atrai no som do Blues? 
Camila Vieira: Solos de guitarra... Seu ritmo sensual e vigoroso... Sons expressivos que te envolvem, te aquecem e ainda te fazem suspirar..

RB: Que bandas você curte e indica pra a moçada ouvir em casa?
CV: Robert Johnson,The Rolling Stones, Eric Clapton, Jeff Beck, Stevie Ray Vaughan. B.B. King, John Lee Hooker,The Derek Trucks Band, Joe Satriani, Led Zeppelin... Por aí vai...

RB: E aqui em Recife? Que shows e bares você tem frequentado no Blues?
CV: Oi Blues by Night, Bar Burburinho, Black Jack.

RB: Os blueseiros te passam muitas cantadas nestes shows? 
CV: Cantadas acontecem em todos os lugares. Melhor levar uma cantada curtindo o som do blues, tomando um vinho, sem dúvidas rs.

RB: O que um blueseiro não deve fazer quando tentar te conhecer numa noitada destas?
CV: Tentar conhecer outras ao mesmo tempo..

RB: Suas fotos são incríveis. Quem faz? 
CV: Algumas são caseiras, outras um amigo quem faz

RB: Já trabalhou como modelo alguma vez? 

CV: Alguns trabalhos, mas não é o que quero para minha vida. Apenas por hobby.

RB: Que mensagem você gostaria de passar pra toda a moçada do Blues de Recife? 
CV: Continuem distribuindo bends e derramando feeling nas noites blueseiras do Recife

Rodrigo Morcego e Midnight Man



O final de semana em Recife promete ser bem blueseiro lá pelo Bar Burburinho.

Na Sexta-Feira, 22 de Janeiro, Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers tocam na área do bar, seguindo sua temporada sempre às Sextas, no bar.

No Sábado, 23 de Janeiro, mais uma vez, Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers no primeiro andar do Burburinho, no palco grande, ao lado da banda Tarja Preta (rock clássico).

No mesmo Sábado, 23 de Janeiro, só que na área do bar (térreo), tocam as bandas Midnight Man (foto) e Let Me Beatles (membros da antiga Blues Label, fazendo cover de Beatles).

Ou seja... Vai na sexta, dorme lá mesmo, almoça por lá no Sábado, tira mais um cochilo e fica de noite subindo e descendo a escada pra curtir todos os shows - é o Blues recifense marcando seu território.

Bora chegar junto.

Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers

Local: Bar Burburinho
Dia/Hora: 22 de janeiro/22:00hs
Endereço: Rua Tomazina 106
Entrada: R$7,00


Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers e Tarja Preta

Local: Bar Burburinho (Primeiro Andar)
Dia/Hora: 23 de janeiro/22:00hs
Endereço: Rua Tomazina 106
Entrada: R$10,00

Midnight Man e Let Me Beatles

Local: Bar Burburinho (Térreo)
Dia/Hora: 23 de janeiro/22:00hs
Endereço: Rua Tomazina 106
Entrada: R$7,00

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Concurso Cultural do Garanhuns Jazz


A organização do Garanhuns Jazz Festival, está promovendo um concurso cultural que vai sortear prêmios bem interessantes pra quem é da música, ou pelo menos curte Jazz e Blues.

Repassando o email que recebemos:

O GJF 2010 vai promover um Concurso Cultural

As regras para participar estão na comunidade de orkut do "Garanhuns Jazz 2010"

As melhores frases com respostas para a Pergunta"Por que eu quero ir ao Garanhuns Jazz 2010" vão ganhar:
  • Pimeiro premio-Uma bateria Odery e uma camisa do evento
  • Segundo premio-uma guitarra autografada por Magic Slim e uma camisa do evento
  • Terceiro premio-um contra-baixo e uma camisa do evento
  • Quarto premio-um violão elétrico  e uma camisa do evento
  • Quinta frase até a décima ganharão um cd de Jazz ou Blues
Os premios serão entregues durante os shows do Festival

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Garanhuns Jazz Festival traz Magic Slim



Mais uma lenda do Blues retorna a Pernambuco, desta vez, em pleno Carnaval e de graça. Taí, uma boa opção pra quem não é da turma que vai acompanhar o Galo.

Magic Slim está na programação oficial do Garanhuns Jazz Festival, que rola nos dias 13, 14 e 15 de Fevereiro, em praça pública, em Garanhuns, é claro.

Outras atrações confirmadas até agora são Andreas Kisser, Tico Santa Cruz (Detonautas), Harmonicas Mercosul, The Bluz, Celso Blues Boy, Marcelo Naves, Greg Wilson, Uptown Band.

O Recife Blues gostaria de sublinhar a participação de Celso Blues Boy, que pode ser considerado o pioneiro do Blues no Brasil, responsável pela existência de uma cena interessante de Blues no Rio de Janeiro, e que nos anos 80 chegou a emplacar alguns Blues cantados em português nas paradas ao estilo Globo de Ouro - e isto é um marco, certamente.

O Garanhuns Jazz Festival é uma parceria da Prefeitura de Garanhuns com Giovanni Papaleo (Oi Blues, Uptown Band) que tá sempre pondo lenha na fogueirinha do Blues em nosso estado e pelo Nordeste.

Bora que vai ser massa. Vá acompanhando o Recife Blues que a gente vai postando as novidades do festival e a agenda completa assim que pintar aqui pela editoria.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Johnny Winter em Recife


Parece que vai rolar mesmo. Em maio, dia 16, lá no Teatro Guararapes, a lendamáxima do Blues/Rock texano, Johnny Winter está agendado pra tocar em Recife.

Pense num show que não dá pra perder!

Johnny Winter, apesar da idade avançada, está a todo vapor, produzindo, lançando disco novo, relançando os videos de sua participação em Woodstock.

O velhinho não para!

Comece a juntar o troco do pão e fazer reza pra tudo dar certo até lá.

O Recife Blues vai te passando mais informações assim que soubermos!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Rodrigo Morcego volta ao Burburinho


A partir desta Sexta-Feira, 8 de Janeiro, Rodrigo Morcego volta ao Bar Burburinho com seu novo projeto Rodrigo Morcego eos Irmãos Brothers mandando aquele bom repertório blueseiro que conhecemos, e com boas surpresas para roqueiros e blueseiros.

E às Quartas-Feiras, Marcelo Demo e Bruno Cafo continuam sua temporada acústica com a Black Cat Bone no Happy Hour do Banquete, logo ali na Rua Capitão Lima.

Bora chegar junto, moçada do Blues!

Rodrigo Morcego e os Irmãos Brothers

Local: Bar Burburinho
Dia/Hora: 8 de janeiro/22:00hs
Endereço: Rua Tomazina 106
Entrada: R$5,00

Black Cat Bone

Local: Bar Banquete
Dia/Hora: Quartas de Janeiro/19:00hs
Endereço: Rua Capitão Lima, em frente à TV Jornal
Entrada: Grátis